Três ou cinco refeições por dia?

Print
Três ou cinco refeições por dia?


Três ou cinco refeições por dia – faz diferença?
Algumas pessoas simplesmente não petiscam e limitam-se a fazer 3 refeições por dia. Ponto final. Pensam que petiscar é um mau hábito que serve apenas para acumular quilos.

Por outro lado, há quem defenda que as refeições ligeiras e frequentes ajudam a controlar o apetite, preferindo assim fazer cinco refeições diárias.
Uma estratégia é melhor do que a outra? As pesquisas sobre este tema ainda não são conclusivas, mas sabe-se que, quer faça 3 ou 5 refeições, o benefício retirado depende da quantidade de energia (calorias) consumida. Por outras palavras, se pretende perder peso, o segredo está em controlar o consumo de calorias. Petiscar, por si só, não é intrinsecamente mau, a não ser que, com isso, aumente o seu consumo calórico além do limite.

Se pensarmos no que a maioria das pessoas entende por ‘snacks’ – petiscos repletos de açúcar, sal e óleo, como batatas fritas, bolachas e doces – é fácil perceber por que motivo dizem não aos snacks, quando querem perder peso.

Mas é evidente que há uma série de snacks equilibrados que podem ser boas opções alimentares e, este é um dos motivos para seguir a abordagem das 5 refeições ligeiras e frequentes. Trata-se de uma questão prática. Quanto mais vezes comer, mais oportunidades tem para dar resposta às suas necessidades nutricionais. Os snacks podem ser uma boa forma de introduzir mais fruta e legumes na sua alimentação, ou iogurtes ricos em cálcio ou ainda de aumentar o seu consumo de proteína.


Por Susan Bowerman, consultora da Herbalife
pt-PT | 20-07-2019 06:24:58 | NAMP2HLASPX04